Day-by-day

baby

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Chegamos aos 2 aninhos...

Esta aventura de mãe já vai com dois anos e milhares são as estórias para lembrar.
Neste último ano o João enriqueceu a sua aprendizagem: aprendeu a andar e a correr; aprendeu a falar, desde as primeiras palavras com uma só silaba até às tri-silabas e pequenas frases ("mãe, anha cá"); adquiriu um bom vocabulário: as vogais mais umas letras (P pai, M mae, J joão, D diana, N nuno, L lena, V vaca, B bola, S sapo... ), os números (1:10), muitos animais (distingue leão de tigre), muita comida (pão, água, chicha, pexe, roz, maxa, xumo, lete, batata, banana, maxã,...) e outras coisas mais. Na maior parte das vezes é amoroso, faz miminhos, pede abraços e beijos mas também sabe fazer as suas birras. Enfim, consegue encher uma casa de alegria (e de tralha por todo o lado) e é assim, digamos que...pois...é mesmo...o melhor filho do Mundo. Muitos Parabéns!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Primeiro corte de cabelo...

Depois de muito adiar e só ao fim de quase 23 meses o João cortou o cabelo. Ele tinha uns caracóis muito bonitos e ninguém queria que ele cortasse. Mas tinha que ser, pois estava muito fininho e já começava a parecer uma menina. Pedimos à Di para falar com a mãe pois ela já se tinha oferecido para lhe cortar o cabelo. Foi excelente, pois conseguiu manter o João entretido e ele nem reparou que estava a cortar o cabelo. Acho mesmo que se divertiu no meio daquele material todo de cabeleireira (rolos, escovas, pentes,...).

 Antes...
 
 
...durante (com habituação)
 
...a cortar (simpatizou com a "avó" Helena)...
...e o depois!

Ficou um fofo na mesmo! Perde-se a cara de anjinho e ganha-se a cara de rapazola!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Fisioterapia ao ar livre...


...hoje substituímos a sessão de cinesioterapia por um passeio ao ar livre, à beira-mar. Fomos aproveitar o soi do final de dia, mas tivemos que vestir dois casacos, porque o frio ainda aperta. Começamos por fazer a inalação da maresia, que tem um excelente efeito na extração da ranhoca. Corremos 5 min para lá e 5 min para cá e terminamos no parque a cavalgar numa zebra e a descer (ou mais a subir) no escorrega. Quando chegamos a casa tomamos um banhinho e lavamos o nariz. Missão cumprida!




quarta-feira, 3 de março de 2010

Visita ao local de trabalho da mãe...

Esta semana a mãe teve que tratar de uns assuntos ao final do dia no trabalho e decidiu levar o João com ela. Claro que ele entrou num sitio estranho e nem pelo pé quis ir, teve que andar ao colinho pelo instituto fora. As pessoas que passavam metiam-se com ele e ele devolvia o seu sorriso simpático a quem achava que merecia :).
Estivemos enfiados no gabinete da mãe durante cerca de uma hora, onde ele desenhou, desenhou, desenhou (entenda-se riscou papel), fez birras, comeu bolachas e ainda deu tempo para registar o momento com umas fotos bem dispostas.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Carnaval...

O carnaval já foi há alguns dias mas só ontem chegaram as fotos da festa de carnaval no infantário. Como sempre a mãe deixou para a última para arranjar um fatiota para o João se fantasiar e depois não teve direito a escolha, pois já só tinha uma opção. Para primeiro carnaval, já que o ano passado estava doente, foi vestido de palhaço. Não é para me gabar, mas mesmo com uma fatiota muito simples era o menino mais giro e bem disposto da turma.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Visita ao Zoo

Nas últimas semanas o João ganhou um fascínio enorme por tudo quanto é animal. Sempre deu grande ênfase ao cão mas já vai dando hipotese para conhecer outros animais. Assim, neste domingo frio e solarengo decidimos fazer uma visita ao Zoo da Maia. Eu já lá não ia há uns 20 anos, mas na altura era grande fã e fazia uma visita semanal a estes bichinhos, no intervalo das aulas de músicas que eram lá à porta. Fiquei feliz por saber que o zoo continuava aberto e que tinha sido remodelado (ainda a precisar de muitas obras). Mas desta vez fui dar a conhecer ao Joni a infinidade de animais que há para além do cão. Fizemos a visita aos animais do zoo, vimos o espetáculo das focas (que era só uma) e ainda fomos espreitar os répteis. No espetaculo das focas o João passou o tempo todo a bater palmas como a foca e ainda teve direito a receber um beijinho da dita foca. Foi uma tarde bem passada e aconselhamos todos a fazer o mesmo! Ficam algumas fotos.




 

Não há duas sem três...

Pela 3ª vez em menos de um ano o João foi internado com mais uma crise de broncoespasmos. No período entre os dois internamentos ele teve multiplos episódios de crise asma (se é que se pode chamar asma), mas fomos controlando com sessões de cinesioterapia. Desta vez, o João tinha tido alta da clínica do movimento no dia 4 de Janeiro, pois estava muito bem, e no dia 8 já estava com uma "chiadeira" ligeira. Isto foi numa sexta, no sabádo fez uma sessão de cinesioterapia de manhã, de tarde foi à pediatra (onde já só ventilava a 50%) e saiu de lá a tomar cortisona. Como a cortisona não foi eficaz e o João não respondia positivamente às sucessivas nebulizações de ventilan e atrovent lá fomos nós para o hospital.
Ele fazia tanto barulho a respirar que nenhum médico o auscultava, só diziam "tu estás aflito rapaz...". Após várias tentativas para reduzir a chiadeira a médica lá decidiu que era melhor ficar internado.
Os procedimentos foram os mesmos dos internamentos anteriores, mas desta vez decidi confrontar os médicos com a necessidade de fazer cinesioterapia para poder recuperar mais rapidamente, fugindo aos métodos grotescos e invasivos do hospital. Os médicos concordaram comigo e admitiram que não tinham pessoal competente para fazer o tratamento (país de merda o nosso). Mas lá aceitaram a sugestão de dar alta ao João ao fim de 4 dias, sem estar a 100%, onde eu assumi sob minha responsabilidade que continuaria os tratamentos medicamentosos que estava a fazer no internamento e faria sessões diárias de cinesioterapia até recuperar totalmente. E assim fizemos, no mesmo dia que tivemos alta conseguimos marcar uma sessão com o " Cough's Doct" na clinica.
Não nos podemos esquecer que no decorrer de todo este processo tivemos sempre o apoio imprescendível da pediatra, que actuava directamente no processo de internamento e visitava diariamente o João no hospital. E ainda o apoio moral e acima de tudo a disponibilidade do nosso "amigo" fisioterapeuta, que dá sempre uma "mãosinha" (umas pancadinhas) na recuperação do nosso Joni.

 O meu companheiro das sonecas!


Passei os dias a meter peças, até que decorei as posições certas!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Noite de Natal...

...estava programada para ser passada no Algarve em casa da madrinha e com os avós. Mas para não variar, o Joni voltou a ficar doente e decidimos ficar em casa. Assim sempre podíamos retomar a cinesioterapia na clinica habitual, que por falha minha ainda não tinha referido aqui e pode ser útil a  outras  mamãs  - www.clinicadomovimento.pt. Assim, a madrinha e os avós vieram cá a casa festejar o Natal connosco. Foi uma noite muito pacifica, cheia de doces e muitas prendinhas e passada com aqueles que mais gostamos. Claro que o João foi a estrela da noite e mimado e presenteado por todos (vezes muitos).  Tivemos direito a Pai Natal (que foi o pai) mas o João não gostou muito e não se atreveu a sair do colo da mãe :). A prenda que se destacou mais foi a tenda das 250 bolas que os avós ofereceram e que fez a loucura da noite para o João. Ficam umas fotos para registar.




domingo, 13 de dezembro de 2009

Rubéola e afins...


...foi a última novidade. Na passada sexta-feira ligaram do infantário à hora do almoço porque o João estava com febre. Disse para dar um benuron para aguentar mais um bocadinho já que não tinha mais sintomas. Pelas três da tarde voltam a ligar a dizer que ele não tinha febre mas estava muito vermelho e às manchas e continuava muito quieto. Lá fui eu buscá-lo a matutar pelo caminho o que vinha agora. Ainda há uma semana tinha recuperado de mais uma crise de bronquiolite e já estava doente outra vez. Ao final da tarde foi visto pela pediatra que lá chegou à conclusão que era mais um virus da família da rubéola.
Ele continuou com a febre até sabado ao final da tarde e todo às manchas no tronco e na cabeça e cara. Tinha uma mancha muito característica da rubéola na bochecha esquerda e a pele muito rugosa e avermelhada. Entretanto parece que já está a ficar melhor e a recuperar em força. Os avós como são uns avós babados vieram tomar conta do João para que ele não tenha que ir para a escola amanhã. Vamos lá ver se recupera a tempo de ir à festa de Natal.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Já caminha mesmo...

...desde o último post que o João continuou a hesitar e não se decidia em andar sozinho. Até ontem! É verdade, ele agora já toma mesmo a iniciativa de caminhar sozinho. Confesso que é muito giro, mas também é susceptível de provocar problemas cardíacos (a quem está a ver). Sim, porque ele ainda vai contra as coisas e cai muitas vezes. Por um lado dá vontade de o deixar ir sozinho mas por outro apetece enche-lo de espuma protectora para não se magoar. Este dia foi muito bem conseguido pois os avós estavam cá em casa e ficaram deliciados ao vê-lo a caminhar. Até a madrinha teve direito a uma vídeo-chamada para assistir em directo ao grande feito. O João também delira com o facto de já conseguir caminhar, pois fá-lo às gargalhadas (daquelas nervosas, como se estivesse a fazer asneiras).