Day-by-day

baby

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Febre...

...por explicar. A dois dias das férias tivemos que ficar em casa porque apareceu uma febre não sei de onde. Saímos nós na quarta-feira todos contentes da fisiatra com a noticia de que a bronquiolite já tinha ido à vida e que o João estava a respirar muito bem sem sibilos ou pieiras. Ainda decidimos que a cinesioterapia podia começar a ser espaçada de 1 dia, 2 e consecutivamente até parar. E nessa mesma noite antes de deitar achei que o João já estava quente, mas andava nos 37,9º. De madrugada chegou aos 38,5 e lá coloquei um benuron. Ontem esteve sempre febril mas nunca a cima dos 38,5. Fomos à pediatra ao final da tarde que disse que não havia nada à vista que justificasse a febre. Talvez fosse mais um vírus mas que ainda não teve consequências. Ontem à noite pusemos em questão se não seriam dos dentes, já que está um molar a crer nascer. Não sei. Continuo sem perceber de onde vem a febre. Hoje ainda não passou os 37 apesar de estar muito morrinhento e só querer dormir. Apetite ainda não perdeu, o que já não é mau. O que virá ai?

segunda-feira, 27 de julho de 2009

O dia B...


...de baptizado. Mais uma daquelas celebrações que só ocorrem uma vez na vida e que na maior parte dos casos são os pais que tratam de o fazer.
Do consenso geral o dia, a cerimónia e os festejos correram muito bem. Foi daqueles dias em que a alegria justificava o esforço e o cansaço causado. No dia anterior fizeram-se os doces e bolos e compraram-se os últimos apetrechos para a mãe e o pai vestirem (sempre no último dia). Com 5 horas dormidas lá nos levantamos cedinho pois tínhamos que estar na igreja às 10h. Já na igreja o João portou-se 5 estrelas, nem dormiu nem chorou. Só ia alternando entre o colo da mãe e do pai para que eles pudessem descansar e arrefecer (sim, porque o João parece um forno e estar com ele ao colo equivale a estar agarrado a um aquecedor). Na hora do baptismo propriamente dito correu muito bem, ele ficou a olhar para o padre e a pensar lá para ele ("ainda há bocado tomei banho, e já me estão a lavar a cabeça outra vez"!). Ficam as fotografias para mais tarde recordar. Depois da cerimónia fomos almoçar e por lá ficamos até às 6 da tarde com muita comida e música para animar. Como pensávamos que o almoço acabava cedo tínhamos preparado em casa mais uns snacks para o pessoal ficar mais um bocadinho. Mas já estava tudo estafado, as mulheres com os pés doridos e os homens com uns copos a mais. Acederam ao convite apenas a família de mais longe que aproveitaram para jantar e conviver mais um bocadinho. Às 10 da noite o João lá aterrou de cansaço depois de ter aguentado o dia todo na euforia.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Preparativos para o baptizado


Falta uma semana para o baptizado do João e já está quase tudo preparado. Primeiro falamos com o padre lá da terra, que por acaso foi o padre que me baptizou há 29 anos, para ver se havia hipótese de baptizar o João. Já nos tinham falado que não seria fácil, pois não somos casados nem mesmo frequentadores de Igreja. No entanto, o padre não colocou qualquer impedimento e ainda sugeriu para casarmos no mesmo dia (LOL, sem comentários). Posto isto foi preciso arranjar uma data em que os padrinhos pudessem estar presentes. Daí ter ficado o último domingo de Julho.
Como não há cerimónia sem comida procuramos um restaurante perto, barato e simpático para almoçar. Perto ainda havia alguns, baratos nem vê-los e simpáticos também há poucos. Acabamos por escolher pelo sabor que mais agradou. A reserva está feita, só vão as pessoas mais próximas e com quem gostamos de partilhar estes momentos. Ao todo são pouco mais de 20 e chegam bem para fazer a festa.
Decidimos fazer uns convites personalizados por casal/pessoa e com a ajuda do João que deu uma "mãozinha". À semelhança dos convites também imprimimos as ementas para cada convidado. Tudo feito manualmente e com muita imaginação :).
Mais coisas que foram precisas: a vela, a toalha e uma roupita mais pipi para o João vestir. A vela comprou a mãe, a toalha ofereceu a tia M. e a roupita foi escolhida pela avó Lena e oferecida pela madrinha.
Claro que não podia faltar o bolo e para isso voltamos a contar com a avó Lena que é especialista em fazer bolos fantásticos e com muita imaginação. Temos a certeza que vai ficar lindo porque vai ser feito com muito amor. Para ficarem com água na boca podemos dizer que vai levar amêndoa do Algarve e doce de chila, uuhhh!
Com isto, fica quase tudo pronto para o próximo domingo, com excepção, é claro, da mãe que ainda não comprou nada pipi para vestir :).

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Brinquedos...

Este fim-de-semana recebemos uma visita da titi com direito a muito colo e mimo. Andávamos nos últimos tempos a achar que os brinquedos do João também precisavam de uns upgrades e por isso decidimos fazer umas compritas. Lá fomos nós ao Toys'r'us que estava fechado :(. Para compensar fomos à Chicco e viemos de lá com vontade de comprar os brinquedos todos. Mas não, a titi achou que o Joni precisava de ajuda para aprender a caminhar e ofereceu o Primeiro Passos Musicais e o pai depois de muita indecisão comprou o Cubo Falante, com o qual o João já tinha brincado durante a última visita às urgências da CUF e tinha ficado fascinado. Ainda queríamos comprar mais dois, mas vamos esperar pelo primeiro aniversário que está quase a chegar.


Primeiro Passos Musicais e Cubo Falante


Mesa das Palavras e Volante Falante (próximas aquisições)



segunda-feira, 6 de julho de 2009

Mais upgrades...

Depois das últimas novidades o João já nos brindou com novas habilidades. A que me marcou mais foi o "vuh". Pela primeira vez o João disse uma palavra com significado e não foi mãe, nem pai mas sim o nome da gata: Miñu, que pela boca do João soa "vuh". A verdade é que ele agora está sempre a chamar a miñu, levanta a mão e diz qualquer coisa do género "vuh, ataia ataia" (miñu, anda cá). Desde então que temos andado a puxar por ele para dizer outras coisas ou pelo menos para ele aprender quem é a mãe e o pai (já que ninguém chama por eles em casa). "Onde está a mãe?", "Onde está o pai?", "Onde está o João?" têm sido as frases do dia. Ele há-de chegar lá.
No que toca a andar, está quase quase. Já se põe de pé sozinho e já se sabe agarrar às coisas para a andar, especialmente aos dedos da mãe. Enquanto não anda a 100%, já gatinha a todo o gás e em poucos segundos desaparece da vista (fase complicada esta!).
No que toca a dormir a coisa já está pior. Agora aguenta horas seguidas sem dormir e quando é para adormecer tem que ficar alguém por perto, pois não quer estar sozinho. Portanto, aqueles belos tempos em que o deitava na cama e ele adormecia já acabaram :(! A fazer birras também já é um "master", com berros e choro, só ainda não se atira para o chão porque ainda não se lembrou. Acho que está a chegar a altura de o educar e estou a ver que a tarefa não vai ser fácil!

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Férias aos pouquinhos...

Como não tivemos oportunidade de descansar na semana de férias, temos aproveitado o bom tempo e os fins-de-semana para dar uns passeios. O João está a ficar crescido e já começa a apreciar aquilo que o rodeia. Fomos conhecer a praia cá da terra (Aguda city) com direito a calções de banho, guarda-sol e muita areia. Demos o primeiro mergulho na piscina da Margarida e foi no mínimo uma emoção. Pelo rio também já andámos, ou melhor, na ria de Aveiro fomos ver a Veneza portuguesa mas não comemos ovos moles. O S. João foi passado em Aboim onde o João aproveitou o ar da serra para andar e gatinhar com a prima Carolina. No último fim-de-semana voltamos a ficar na terriola, mas fomos passear à beira-mar (pois a praia não convidava), fomos visitar a ELA (http://www.fundacao-ela.pt/) e vimos muitos peixinhos. O baptizado também anda a ser planeado: já fizemos os convites, "personalizados pelo João" e já escolhemos o restaurante depois de lá termos saboreado um bom bacalhau (neste caso o João ficou só a ver :)). Vamos continuar assim, a aproveitar o bom tempo e a boa saúde do João.


Praia da Aguda - "Olha aquela Bé-boa, pai!"


Piscina - "Oh mãe, tens que arranjar uma banheira destas lá para casa
!"


Aveiro - "Onde estão as italianas?!"


S. João - "Carolina, anda-me acaçar"


ELA-"O meu tubarão é mais giro"


quarta-feira, 1 de julho de 2009

A saga continua...

Mais uma estadia no CHVNG

Pois é, o nosso Joãosinho insiste em ficar doente e o raio da bronquiolite não dá tréguas. Andávamos nós ansiosos pela semana de férias que tínhamos marcado em Junho e acabamos por passa-la no hospital. Ainda chegamos a ir até ao Algarve, com paragem em Cascais para conhecer a amiga Zefa, mas logo na primeira noite fez febre e no dia a seguir já chiava por todo o lado. Viemos logo para cima e acabou por ficar internado o resto da semana. A tia Carla que já tinha tudo preparado para o João passar a semana na praia e na piscina acabou por vir connosco para o Porto e seguiu de perto a estadia do João no hospital. Obrigada tia Carla pelo apoio. Pelo menos desta vez fomos para a nova ala de pediatria do Hospital de Gaia que estava em boas condições e não foi tão penoso lá estar. Entretanto, penso que o bom tempo ajudou e o João recuperou mais rapidamente. Pelo caminho ficaram algumas fotografias para recordar a nossa semana de férias.


Lagos - "FÉRIAS!!"


Lagos - "Meus pais?! Nah, eu nem os conheço."


Lagos - "I'm the king of the world!"